"Príncipes do Brasil"

Matéria da TV Cultura – Plebiscito de 1993

michelly-ribeiro

Skype: michelly.antunes.ribeiro

Twitter: michellyribeiro

Orkut: Michelly Ribeiro

Anúncios

24 de julho de 2009 Posted by | Uncategorized | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Um adeus a dom Pedro Luis

Gostaria de pedir desculpas por esses últimos dias que ando sem postar. É que, por eu estar praticamente na reta final, o trabalho é muito.

Por esse motivo, tenho aproveitado as férias de Julho para escrever meu livro que, até o presente momento, possui 94 páginas. Ainda tenho muito a escrever, por isso não posso perder tempo.

Não posso deixar, no entanto, de registrar um fato muito importante: na terça-feira passada (07/07) fiquei sabendo do sepultamento do príncipe dom Pedro Luís em Vassouras. Seu corpo foi identificado no domingo anterior e enterrado na segunda-feira seguinte. Dom Pedro Luis foi sepultado em sua cidade e está junto ao corpo de seu avô, dom Pedro Henrique. A Família não quis divulgar antes,  apenas depois do sepultamento.

Uma das características e qualidades, ao mesmo tempo, da Família Imperial é que ela é bem reservada no que diz respeito à sua vida particular…e eu admiro muito isso!

Bom, o fato é que estou enviando um e-mail, desde o dia primeiro deste mês, e não consigo retorno. Não sei se este e-mail chegou ao seu destino, ou se a Família ainda está dando um tempo. De qualquer forma, eu gostaria ao menos, por parte dos monarquistas, de saber se o e-mail foi devidamente encaminhado. Cheguei até a encaminhar o mesmo ao Círculo Monárquico do Rio de Janeiro, mas também não obtive êxito.

Em todo caso, vou copiá-lo aqui. Quem sabe esse não seja o meio mais fácil?

Segue:

Já faz um mês do misterioso sumiço do voo 447 da Air France e eu estou aqui para demonstrar-lhes meu pesar e oferecer-lhes minhas palavras de conforto.
Durante todo esse tempo que estive pesquisando sobre a Família Imperial brasileira, sobre os príncipes e a monarquia, me envolvi muito e me senti, a cada dia, como parte desta família. Confesso que criei um carinho todo especial, sem poder (pois meu trabalho é jornalístico e não posso criar vínculos), mas ao mesmo tempo acredito que barreiras devem ser transpostas, afinal, a vida é curta e temos muito a aprender com ela e com as pessoas que nos rodeiam, sejam elas hierarquicamente superiores a nós ou não.
A questão é que eu jamais imaginei que fosse chegar tão longe com este trabalho, a ponto de me transformar em uma monarquista e enxergar os componentes da família como pessoas próximas a mim. Senti essa firmeza conversando com monarquistas que vivem na Casa Imperial, com os restauradores do Rio de Janeiro, com a Família Imperial que vive em São Paulo e também no Rio.
Vocês realmente são uma verdadeira família, que posso afirmar pelo contato que tive, são exemplos para o Brasil.
Fiquei muito triste com o desaparecimento de dom Pedro no trágico voo no dia 1º de junho. Posso dizer aos senhores que, acompanhei toda essa situação de perto e junto a vocês, pois a TV Canção Nova fez a cobertura do ocorrido e a cada dia que passava, mesmo sem eu ter conhecido dom Pedro ou conversado com ele, parecia que uma angústia dentro de mim aumentava e foi aí que percebi que, para quem acredita na monarquia, a Família Imperial é a verdadeira família do povo brasileiro.
Tive esperanças de que as forças armadas pudessem encontrá-lo vivo ainda nos primeiros dias, mas conforme o tempo foi passando já podíamos prever que ele pudesse estar junto aos 227 outros passageiros do voo bem perto de Deus e longe das dores desse mundo.
Tenho a certeza, hoje, de que ele está cuidando ainda da restauração da monarquia de lá de cima, junto à sua família e inspirando seu irmão dom Rafael para que cuide de tudo com dedicação e sem desanimar jamais.
Quando conheci dom Rafael senti que ele tem um enorme respeito pela causa e pude sentir que dentro dele existe um grande homem disposto a cuidar de tudo o que é de sua família e do que é o melhor para o Brasil. Mesmo sem conversar com ele por bastante tempo, pude sentir sua responsabilidade gritar em seu semblante.
Força dom Rafael! Força Dom Antonio! Muita força dona Christine! A monarquia agora depende dos senhores para continuar e tenham a certeza de que dom Pedro está com vocês, guiando e iluminando seus passos e torcendo pelo ideal monárquico!
Gostaria muito de poder, assim que possível, colher um depoimento de Dom Antonio e Dom Rafael sobre dom Pedro Luiz para o meu livro-reportagem que ficará pronto no final deste ano, se Deus quiser!
Aguardo o retorno dos senhores!
Paz e bem!

______________________

Ainda não obtive este retorno, no entanto, por ora, me contento em receber pelo menos um OK de recebimento desta mensagem.

Aos meus colegas de profissão, deixo claro que, embora eu tenha me envolvido com a Monarquia, estou sendo o mais imparcial possível na execução de meu livro. E outra coisa: Existem muitas coisas também das quais discordo, então, fica mais fácil ser imparcial deste modo.

Abraços a todos!

dom pedro luis - filho dom antonio

Dom Pedro Luis (1983-2009): Fazia estágio em Luxemburgo na área de Economia. Era o 4º na linha de sucessão.

michelly-ribeiro

Skype: michelly.antunes.ribeiro

Twitter: michellyribeiro

Orkut: Michelly Ribeiro

16 de julho de 2009 Posted by | Uncategorized | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 4 Comentários